PROJETO ESTUDAR – Formando o gosto pelo estudo
27 de maio de 2018 | Larissa Arantes - Uberlândia

O ser humano foi configurado para adquirir cada vez mais conhecimentos, ampliando a sua capacidade de atuação no mundo que o rodeia. O que isso significa? Que quando foi criado, o ser humano foi concebido de forma que apenas o conhecimento poderia dar expressão à sua vida. Caso contrário, não se tornaria humano, pois foi dotado de inteligência e sensibilidade.

Contando com dois sistemas especiais, mental e sensível, configurados com faculdades, também mentais e sensíveis, o uso adequado desses sistemas e suas faculdades faz com que esse novo ser que havia chegado ao planeta, nos albores de sua existência, pudesse experimentar algo muito diferente das demais espécies: a oportunidade de conhecer, aprender e evoluir.

À medida que foi colocando essas faculdades em uso, foi se reconfigurando como um novo ser, dia após dia, se afastando gradativamente de sua condição primitiva, ou, pelo menos, é assim que deveria ser, se não tivesse ocorrido também, um total descaso pela maioria dos seres humanos com relação a todas essas possibilidades com as quais foram presenteados.

Por isso, essa é a grande tarefa do educador da Pedagogia Logosófica: apresentar às crianças quem elas são e quais são as suas possibilidades e porque é tão importante que, uma vez compreendendo isso, evoluam suas capacidades ao máximo, gradativamente, por meio do estudo constante de tudo quanto for útil para si ou para os demais.

Estudar, estudar muito, aprender cada vez mais e com alegria, de forma que aquilo que se aprende se eternize na consciência. Tarefa fácil? Quando olhamos o quadro geral da humanidade, observamos que as escolas conseguem isso com facilidade? A questão é: como fazer isso? Parece que os adolescentes e jovens, em sua grande maioria, possuem aversão ao estudo e fazem apenas o necessário para serem aprovados nas provas as quais se submetem. Qual o segredo para formar uma geração de seres estudiosos e que fazem isso com alegria?

A Logosofia assinala que o grande problema está na formação de conceitos que acontece ainda na infância porque a cultura falha pela base e que quando os conceitos são alterados sobrevêm a confusão e o caos. Portanto, devemos ensinar às crianças aquilo que queremos ver se manifestar nos adolescentes, jovens e adultos.

Assim, a Pedagogia Logosófica nos apresenta recursos que formarão ainda na infância o gosto pelo estudo e a vontade de aprender com alegria, determinação e a certeza que de isso é o melhor que se pode fazer.

Dentre eles:

– Apresentar à criança de forma lúdica e prazerosa, via entendimento, qual é a sua configuração humana, mental e sensível, que temos uma mente muito poderosa, capaz de pensar, observar, recordar, refletir, raciocinar, entender aquilo que observa e criar muitas coisas úteis para a humanidade; que temos um sistema sensível, capaz de se relacionar intimamente com aquilo que aprende, ampliando a sua vontade de aprender cada vez mais à medida que experimenta no íntimo de seu coração a alegria de adquirir um novo conhecimento.

– Mostrar a ela os grandes exemplos que temos na humanidade, grandes pensadores que nos favoreceram muito mediante o seu esforço e vontade de colaborar. Favorecer que experimentem gratidão por esses seres que tornaram as nossas vidas mais agradáveis e amenas mediante o uso de suas inteligências e o cultivo de virtudes como a bondade em criar algo que não favoreça apenas a si mesmo. E nesse terreno os exemplos são vários, pois nossa vida ao longo dos anos, desde nosso surgimento, já foi muito facilitada pelos seres pensantes. A Logosofia ensina que Essa elite humana, essa minoria estudiosa e capaz, é a que em todos os tempos beneficiou a humanidade, pois todos os grandes descobrimentos da ciência, todas as grandes diretrizes do pensamento, partiram sempre dessas mentes esclarecidas.”

– Colaborar para que percebam que todos nós podemos colaborar com a humanidade, mediante o nosso esforço, pois fomos configurados com as mesmas possibilidades, possibilidades que necessitam ser desenvolvidas.

– Valorizar a capacidade que cada um tem, mostrando que não existe apenas uma forma de estudar, e sim, várias, tais como, lendo, assistindo bons vídeos, brincando, conversando com outras pessoas, visitando Museus, fazendo viagens interessantes, utilizando a capacidade de observar, realizando experiências, ou seja, se interessando por tudo aquilo que possa tornar a sua capacidade de troca com o mundo que o rodeia mais rica e agradável.

– Permitindo em alguns momentos que escolham temas que gostariam de aprender e realizando junto com eles as diversas formas que os mesmos possam vir a ser explorados, pois para aprender a criança precisa estar feliz.

– Compartilhar com eles que essa é uma busca de todos os seres humanos, inclusive do professor, aprender sempre, todos os dias, cada vez mais, pois o que se aprende não se perde e serve para todos.

– Analisar com eles a grande oportunidade que cada um tem, de após aprender, também poder ensinar, uma prerrogativa humana, e permitir que experimentem esse dom de forma consciente, criando situações favoráveis.

– E ainda, levá-los a compreender que nós seres humanos, também somos objetos de estudo, pois de nada adianta conhecer todo o universo que está fora de nós, se não conhecermos o grande universo que temos dentro, cheio de possibilidades e também, de algumas interferências que precisam ser vigiadas de perto, pois elas podem matar os nosso anelos de construir uma humanidade melhor e mais capaz.

Dentro desse contexto, surgiu o Projeto Estudar, desenvolvido no Ensino Fundamental I, que leva as crianças a perceberem que quanto mais estudam mais conhecimentos adquirem e mais podem contribuir positivamente para a sociedade que fazem parte. O Projeto também permite que possam pensar sobre o saber, como sendo a razão de ser do homem na terra e mostra que, quanto mais o homem busca o conhecimento, mais se aproxima das respostas para as suas inquietudes, compreendendo que o conhecimento amplia a vida.

No 5º ano, após uma votação, os alunos escolheram estudar sobre as transformações química; daí iniciamos o tema apresentando-lhes as diferentes formas de estudar. Realizamos pesquisas em livros da Biblioteca  do Colégio e também na internet; convidamos uma química para ir à escola e os alunos a entrevistaram. Ela realizou com eles a confecção de um gel para cabelos, que puderam levar para casa; ministramos uma aula no power point sobre Introdução às transformações físicas e químicas, compreendendo que elas estão intimamente relacionadas; assistimos a um vídeo, sobre O nascimento e morte das estrelas, ampliando nossa compreensão sobre as transformações químicas do Universo; realizamos interpretações de texto sobre o tema e permitimos que cada aluno escolhesse uma experiência a ser realizada ao longo do ano no laboratório.

Com esse estudo, em um dos registros solicitados, um aluno manifestou:

O Projeto Estudar é um dos projetos mais legais, pois aprendemos coisas lá na frente. Dessa vez começamos a aprender sobre as Transformações Químicas. A professora  nos pediu que realizássemos uma pesquisa na Biblioteca nos livros e na internet. Nos interessamos tanto no assunto que decidimos chamar uma química para vir ao Colégio! Ela nos ensinou a fazer um gel incrível com vários produtos químicos. Nunca imaginei que para fazer um gel precisaria de tantas coisas. E isso, comparado às transformações químicas do Universo, não chega nem perto! Depois disso, ela deu um frasquinho com gel para cada um dos alunos, ficamos muito gratos pela gentileza, muito obrigado!

Depois disso, a professora muito legal nos aparece com uma surpresa! Deixou que cada aluno escolhesse uma experiência para fazer e eu escolhi o plástico reciclado!

A química é uma coisa bela, criada por Deus, que nunca pode sumir, pois foi a partir da química que a terra, o sol, a lua, e o universo surgiram. Posso aproveitar a oportunidade de aprender, com a vida. Sem Deus, não existe nada, sem química sem vida e sem evolução.

 

Este é o registro de uma aluna:

 

Aprender a estudar

Para aprender a estudar,

É preciso pensar!

Mas não é só isso,

Também é preciso compartilhar.

 

Aprender a estudar

Não é só ler e escrever.

Você também tem que a matéria apreciar.

 

Vamos aprender a estudar?

Além de aprender,

Sua vida vai melhorar!


 
 

Receba Nossos Informativos

Cadastre seu email para receber nossos informativos com novos artigos, livros e conteúdos exclusivos.