A Pedagogia Logosófica e a participação consciente do educando no processo da própria educação
30 de janeiro de 2016 | Neuza do Carmo

Este estudo teve por objetivo investigar em que” medida a pedagogia “logosófica propicia ao educando a participação consciente no processo de sua própria educação. A investigação foi realizada no Colégio Logosófico Gonzalez Pecotche, de Belo Horizonte, em turmas de três diferentes faixas etárias: 6, 10 e 14 anos.

Os dados foram obtidos através de uma Ficha de Observação, para acompanhamento das atividades das crianças em sala de aula, e de roteiros de entrevistas que foram aplicados a professores e especialistas, pais de alunos e alunos adolescentes.

Considerando a consciência como presença ativa e dinâmica do ser na orientação da própria vida, constatou-se que, tanto crianças quanto adolescentes, orientados pela pedagogia logosófica em seu processo de educação, são capazes de, dentro da sua faixa etária, participar de forma consciente de sua própria educação. Essa participação se evidenciou na capacidade de expressarem os próprios pensamentos e sentimentos, com espontaneidade, de obedecerem, inteligentemente, às orientações recebidas e de conviverem segundo princípios éticos elevados.

por Neuza do Carmo

 

FAÇA O DOWNLOAD DA TESE EM PDF:

A Pedagogia Logosófica e a participação consciente do educando no processo da própria educação

 


 
 

Receba Nossos Informativos

Cadastre seu email para receber nossos informativos com novos artigos, livros e conteúdos exclusivos.